sexta-feira, 4 de maio de 2012

Impactes ambientais das explorações mineiras

 Impacte ambiental é a alteração no meio ou em algum dos seus componentes por determinada acção ou actividade. Estas alterações precisam ser quantificadas pois apresentam variações relativas, podendo ser positivas ou negativas, grandes ou pequenas.

    
    O objetivo de se estudar os impactes ambientais é, principalmente, o de avaliar as consequências de algumas acções, para que possa haver a prevenção da qualidade de determinado ambiente que poderá sofrer a execução de certos projetos, ou logo após a implementação dos mesmos.
    Para explorar a maioria dos minerais, temos necessidade de extrair uma grande quantidade de material do subsolo. O material que não é utilizado (ganga) são depositados nas escombreiras. Como nas escombreiras há presença de compostos tóxicos e são muito instáveis, normalmente, não existe vegetação.
    À actividade extractiva podemos associar outros impactes, que podem permanecer por longos períodos de tempo, mesmo depois do encerramento da mina.

Impactes associados à actividade extractiva:
  • Libertação de compostos químicos tóxicos (óleos, solventes ácidos utilizados no processamento do minério);
  • Formação de águas de drenagem ácidas (principalmente em explorações de minérios metálicos ricos em sulfuretos (Ex: Pirite);
  • A água ácida pode dissolver outros elementos como o cobre e o bronze;
  • A acidificação das águas e grandes quantidades de metais pesados poluem muito e afectam os ecossistemas.
  • Erosão do material que compõe as escombreiras pela acção do vento e da água;
  • Modificação dos ecossistemas.
  • Fissuração e fractura no local, alterando os padrões de escoamento subterrâneo da água;
  • Modificação do leito dos rios com a exploração de areias em meios fluviais;
  • Poluição;
  •  Os trabalhadores estão expostos a substâncias, radiações e/ou partículas que podem causar doenças. (Ex:Silicose).
    As informações acima referidas são suficientes , mas achamos por bem acrescentar outras consequências apresentadas na aula, são elas: a degradação dos solos (contaminações, destruição, pisoteia, etc), a degradação da paisagem (cavidades, sucatas, aridez, etc), contaminação de águas superficiais e subterrâneas , poluição sonora, poluição atmosférica (fumos, poeiras), alteração do tecido social, alterações das estruturas geológicas, perda grave da biodiversidade.
    Comprovamos então que a actividade mineira tem grande e grave impacte no ambiente que perdura durante muito tempo. Assim, nem todas as regiões têm oportunidade de explorar os recursos geológicos que têm, já que não têm forma de minimizar e controlar o impacte ambiental, durante e depois da exploração.
 Infelizmente e demasiadas vezes, estas consequências são ignoradas em prole dos interesses económicos, pelo  que se torna imperiosa a criação e aplicação de legislação mais rigorosa. Portugal tem essa legislação, apenas não é devidamente aplicada pelo que o ambiente fica muitas vezes a perder...

Fontes:http://www.fassabortolo.pt/mat%C3%A9rias-primas.html
http://educar.sc.usp.br/biologia/textos/impacto.htm




Sem comentários:

Publicar um comentário