quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Discordância Angular

    Uma discordância angular é uma ausência de paralelismo entre camadas geológicas adjacentes, resultante de fenómenos tectónicos que dobraram e enrugaram rochas mais antigas que a deposição das rochas que se lhes sobrepõem.

 Figuras 1 e 2 -Em Siccar Point, Hutton funda a geologia moderna.
    Os sedimentos mais antigos, silúricos, depositaram-se num fundo submarino com estratificação subhorizontal; isto é uma simples consequência da acção de gravidade no momento de deposição, como se pode verificar experimentalmente ou através de observação da sedimentação actual. Em seguida as forças de origem interna comprimem a estratificação horizontal, que é dobrada e levantada, acima do nível do mar. Dá-se depois a erosão dos sedimentos, com formação de uma superfície de aplanação, sobre a qual se vêm depositar os grés continentais do devónico em estratos subhorizontais; como a erosão e a sedimentação são lentas é obrigatório que o tempo necessário à geração de discordância angular seja longo. Sabemos hoje que será de ordem dos 20 milhões de anos no caso de Siccar Point.

Fontes: http://sites.google.com/site/geologiaebiologia/biologia-e-geologia-10%C2%BA/terra---um-planeta-em-mudanca

Sem comentários:

Publicar um comentário